13 abril 2011

MayDay expulsa FMI de Portugal


O MayDay foi deixar o FMI no Aeroporto de Lisboa, para este deixar de nos impor as suas políticas: facilitação dos despedimentos, privatização de muitos serviços públicos essenciais, aumento dos impostos sobre o consumo, redução das pensões...

Este é um alerta contra as políticas de austeridade que vêm aí para tapar um buraco criado pela banca e pelos especuladores financeiros, que afectam a nossa vida, pouco ou nada a deles.

Mas há mais respostas para além da inevitabilidade desta "ajuda". E há muito por fazer para juntar todas as vítimas destas políticas recessivas e para que estas digam aos grandes interesses económicos deste país que já chega!

Mayday! Mayday!

1 comentário:

Andres disse...

Bravo MayDay!!!! bravísimo!! Enhorabuena desde España adelante con la "guerra"!!!