02 maio 2011

Violência policial injustificável no 1º de Maio em Setúbal

Gás-Pimenta, Balas de Borracha, Tiros de Shotgun, Bastonadas. Apenas num cenário profundamente extraordinário poderemos imaginar a utilização deste tipo de força. No entanto, a PSP em Setúbal tratou manifestantes no 1º de Maio com esta violência absoutamente injustificável.

A intervenção incluiu tiros à queima-roupa com balas de borracha nos joelhos de um manifestante. Perigoso ou armado manifestante? Não.

Esta pessoa é manifestante habitual em Lisboa e Setúbal,  pacífico, ao contrário da PSP.

A força que o corpo de intervenção utilizou é proporcional à facilidade com que a bandidagem financeira escapa impune ao desastre económico e social que provocou.

O Mayday Lx não aceita qualquer justificação como válida para mais esta intervenção da PSP. É urgente saber porque motivo a intervenção foi realizada com recurso a agentes (?) ilegais devido a não estarem identificados como define a lei nacional. Também, é urgente que a PSP de Setúbal esclareça quais os motivos que levaram aos tiros à queima-roupa sobre os joelhos do manifestante na foto.

Se aceitarmos este tipo de violência policial sob qualquer pretexto, aceitaremos que no futuro mais pessoas caiam porque realizaram actos pacíficos de desobediência civil.










1 comentário:

Stare Dad disse...

Viva à Policia! Assim sim